quarta-feira, 19 de maio de 2010

O Décimo Terceiro Conto - Diane Setterfield


Vida Winter passou quase seis décadas a iludir jornalistas e admiradores acerca das suas origens, mantendo oculto o seu passado enigmático, tão enigmático como a sua primeira obra, intitulada Treze Contos de Mudança e Desespero, e que continha apenas doze. Porém, tudo isto pode estar prestes a mudar quando Margaret Lea, biógrafa amadora, recebe uma carta da famosa escritora convidando-a a redigir a sua biografia. Pela primeira vez, Vida Winter vai contar a verdade, a verdade acerca de uma família atormentada por segredos e cicatrizes. Mas poderá Margaret confiar totalmente nela? E terá sido ela eleita depositária das confidências por um motivo inocente? Um romance assombroso, que se tornou um bestseller imediato e que será publicado em mais de trinta línguas
________________________________________________________________

Fiquei bastante curiosa sobre este livre após ter lido variadíssimas opiniões, em que todas elas elogiavam o livro. Assim, no dia que fui à Hora H resolvi aproveitar e comprei o livro por apenas 10€ e fiz com que o livro saltasse rapidamente para o topo da pilha. Em boa hora o fiz e devo dizer que não me arrependi.
Muito facilmente nos deixamos levar pela história, ou não fosse Margaret uma ávida leitora, como nós. No entanto, Margaret tem dois gostos particulares, adora ler romances antigos e é biógrafa amadora de autores que já não fazem parte do mundo dos vivos. Assim, fica surpreendida quando recebe uma carta de Vida Winter, uma famosa escritora, a convidá-la para escrever a sua história, pois pretende contar a verdade.
Desta forma somos transportados para a história que Vida relata, sobre si e sobre a sua família.
Que segredos esconde Vida? É uma das perguntas que fazemos logo nas primeiras, no entanto temos que ter alguma calma até termos resposta às nossas perguntas, pois Vida conta a sua história com princípio, meio e fim.
É uma história intrigante, cheia de mistérios e fantasmas e o seu final é, nada mais, nada menos, que surpreendente.
Se ainda não leram este livro, façam-no brevemente, pois é maravilhoso.

1 comentário:

  1. Também o comprei na Hora H. Folgo em saber que foi uma boa compra :)

    ResponderEliminar