terça-feira, 17 de outubro de 2017

Implacável: Sherrilyn Kenyon


Implacável (Dark-Hunter #18, Were-Hunter, #5)
Título: Implacável
Autor: Sherrilyn Kenyon
Editora: Chá das Cinco
Classificação: 4 Estrelas

Ficha do Goodreads aqui

Viajamos até Nova Orleães, na actualidade, mas num mundo em que, para além dos humanos, existem outras espécies, tais como demónios, transmorfos e os Predadores da Noite, entre outros.
Encontramos Samia, uma Predadora da Noite que foi uma Amazonas e o transmorfo Dev, um homem-urso e que guardou o Santuário e a sua família durante duzentos anos.
Implacável é o 19º livro da série Predadores da Noite e da qual li apenas o 1º livro - Amante de Sonho - em que, se não estou em erro, não temos nenhum Predador nesse livro. É certo que não conhecia as personagens mas até foi relativamente fácil entrar neste universo e perceber genericamente o seu funcionamento.
Este é um romance paranormal, mas a autora conseguiu criar um universo onde mistura muita mitologia pois há uma forte ligação a Deuses, nomeadamente Apolo e Ártemis, a estes seres diferentes. E temos também algumas cenas mais "calientes" ;)
É certo que este é um género que não costumo ler mas, surpreendentemente, gostei mais do que esperava. As personagens têm passados bem sofríveis, a história é bem interessante e viciante. Tanto que me foi muito difícil parar de ler pois queria saber o que acontecia, não só a Sam e Deve mas também às outras personagens. Fiquei particularmente curiosa com Nick e Stryker mas também com os outros Predadores da Noite que entraram na história (Ethon, Scorpio e Chi).

Fiquei agradavelmente surpreendida e com vontade de ler mais sobre este universo. Dilemas!


Nota: Este livro foi-me disponibilizado pela editora, em troca de uma opinião honesta.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Série: Friends from College

Ficha do IMBd aqui


Esta série foi uma recomendação da Dora e da Olga e, por isso, estava com muitas expectativas mas, a verdade, é que não gostei.

Friends from College conta-nos a história de seis amigos que estudaram juntos em Harvard e que, aos 40 anos têm vidas diferentes do que estavam à espera. Os seus relacionamentos são também algo complicados, com paixões antigas que poderão desequilibrar a vida actual.
Julgava que a série tivesse um ambiente mais parecido a Friends mas senti que se aproximava mais de How I Met Your Mother, talvez por uma das actrizes ser comum.
A série acaba por explorar a relação entre os seis amigos mas acaba por ser muito baseada na traição e não senti que as cenas tivessem piada. Achei as próprias personagens mal desenvolvidas e as suas histórias mal aproveitadas e sem grande sentido.

Fiquei com a ideia que o objectivo da série era tentar tornar cómico, situações mais constrangedoras mas acabei por achá-la aborrecida. São várias as cenas que poderia comentar sobre o quão parvas e estúpidas foram mas não quero entrar em spoilers.

Acabei por ver toda a primeira temporada porque são apenas 8 episódios com cerca de 30 minutos mas não irei ver a próxima temporada.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Youzz: Campanha Catisfactions

Tive a sorte de ser uma das seleccionadas para a Campanha Catisfactions da Youzz e ter a hipótese de os meus gatos experimentarem estes snacks.



Os Catisfactions® são uns snacks (no caso especifico desta campanha foram de galinha) e que servem como miminho e como complemento.
Estes snacks são de dupla textura, crocante por fora e suave por dentro, e com menos de 2 calorias por peça.

Confesso que estava um bocadinho de "pé-atrás" com o Stewie pois ele é um "esquisitinho" e não costuma comer estes tipo de snacks. Das vezes que comprei (outras marcas), tive que ir misturando os biscoitinhos na raça porque o seu Stewie vinha cheirar e virava as costas.

Mas a verdade, é que assim que abri o pacotinho, o Stewie veio logo a correr e coloquei uns Catisfactions® na minha mão e pronto, o Stewie comeu, adorou e ainda queria mais =D

Stewie a comer os Catisfactions®

Depois fiz o teste com o Gaspar e com ele, estava mais descansada, pois é aquilo que chamo "de boa boca" eheheh E a verdade, é que também ele não descansou enquanto não comeu os 20 Catisfactions® que lhe dei.

Mas o melhor? Ao fim de alguns dias a dar-lhe Catisfactions®, o Gaspar até já os vinha comer directamente da minha mão, sem sequer levantar a pata para me dar uma unhada =D Podem ver o vídeo AQUI.

Gaspar a comer os Catisfactions®
Os Catisfactions® foram mais que aprovados pelos meus dois gatos lindos, Stewie e Gaspar. E, de futuro, irei comprar Catisfactions® pois sei que é um miminho que adoraram os dois, até o meu Stewie "esquisitinho" ;)


E vocês, que têm gatos, já conheciam os Catisfactions®? Os vossos bichanos já experimentaram? Também adoraram? Contem-me tudo =)

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Divagando: Sem Vontade de Ler



Hoje trago-vos um vídeo onde decidi falar um pouco sobre aquelas fases em que não me apetece ler, pois muito recentemente estive quase 2 semanas sem ler.
Quis partilhar a minha experiência e saber se também acontece com vocês.

Podem ver o meu vídeo AQUI.

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Conjura: Cristina Vale


Conjura
Título: Conjura ou Os mistérios do Reinado de D. João II
Autor: Cristina Vale
Editora: Clube do Autor
Classificação: 3 Estrelas

Ficha do Goodreads aqui


Quem me conhece já sabe que os romances históricos são o meu género preferido e se um livro for sobre algum período da História de Portugal, fico logo com mais vontade de ler.

Durante uma viagem da rainha D. Leonor de Lencastre, entre Lisboa e a Aldeia Galega, vamos tendo acesso às memórias, quer de D. Leonor mas também de outras personagens que privaram de perto com a rainha e com o rei D. João II.
Misturando realidade e ficção, a autora recriou a vida na corte, com as suas paixões, intrigas e ambições políticas.
Foi muito interessante ficar a conhecer melhor o reinado de D. João II, que ficou conhecido como o "Príncipe Perfeito" mas que não era muito amado pela nobreza e vários foram os planos para o tentarem assassinar. Mas também foi um grande defensor da política de exploração atlântica.
A escrita de Cristina Vale é cuidada e adaptada à época, recorrendo às notas de rodapé para nos explicar vários termos usados à data. No entanto, achei a estrutura algo confusa. E porquê? A narrativa vai alternado entre o presente, a viagem de D. Leonor, e recordações de acontecimentos passados. Mas essas recordações, nem sempre nos são apresentadas de forma cronológica, o que me confundiu algumas vezes. Para mim, teria funcionado melhor, se os acontecimentos passados tivessem sido descritos cronologicamente.
Temos também duas listagens da maioria das personagens, uma das personagens reais e outra das fictícias, como também árvores genealógicas no final do livro mas, para mim, fazia mais sentido logo no início pois julgo que ajudava o leitor a perceber quem é quem.
Em termos de personagens, são várias e, confesso, que no início me senti confusa com algumas (lá está, não sabia bem quem era quem) mas após ter espreitado as listagens finais, tornou-se mais fácil. Mas senti que lhe faltou um pouco mais de profundidade, ou melhor, gostaria de ter ficado a conhecer mais sobre elas, nomeadamente D. Leonor e D. Constança.

Apesar de não se ter tornando num dos meus favoritos foi uma leitura interessante, que nos permite ter uma visão geral da corte e reinado de D. João II.



Nota: Este livro foi-me disponibilizado pela editora, em troca de uma opinião honesta.