terça-feira, 25 de março de 2014

TAG: Breaking the Spine

Imagem criada pela Catarina

Hoje trago-vos uma TAG que foi traduzida pela Daniela do Danii Reads mas foi-me passada pela Catarina do Sonhar de Olhos Abertos e pela Cláudia da Uma Biblioteca em Construção.

A TAG é muito simples, são só 5 perguntinhas, portanto vamos começar.

1. Vincas/dobras as lombadas ou preferes manter o livro como novo?
Como na sua maioria leio livros meus, não tenho propriamente muito cuidado em não vincar a lombadas, aliás gosto de abrir o livro (Ok, para se ler um livro físico têm que se o abrir). O que eu quero dizer é que há pessoas que pouco abrem os livros, de forma a não vincarem as lombadas; eu costumo abrir o livro, apoiado numa almofada, o livro não fica a 180º mas quase. Percebem o que eu quero dizer, certo? Mas também não ando a destruir livros, ok?!

2. Para quem não gosta de lombadas dobradas, já o fizeram acidentalmente?
Já é algo que faço inconscientemente, principalmente livros com muitas páginas.

3. Se comprares um livro usado em que a lombada venha dobrada, como te sentes?
Já comprei vários livros usados e não tenho problema com lombadas vincadas. O que me faz mais confusão é mesmo capas dobradas ou rasgadas.

4. Concordas ou discordas que um livro com a lombada estragada é um livro amado?
Concordo com a resposta da Catarina.
As lombadas vincadas dependem bastante do número de páginas. Aliás, um livro volume fica com a lombada vincada com mais facilidade do que um mais pequeno mas que seja lido mais vezes.

5. Como as lombadas nos hardbacks são mais difíceis de estragar ou nota-se menos, preferes comprar hardbacks ou paperbacks?
Como compro livros em português e os hardbacks são mais raros, compro essencialmente paperbacks.
Sim, eu sei que os hardbacks são mais resistentes mas acho-os um pouco mais desconfortáveis de ler, pois acabam por me magoar mais o pulso, além de que acabo por retirar as jackets para os ler por não as acho nada práticas. E julgo que as edições de livros de capa mole, em Portugal, são bastante boas.

2 comentários:

  1. Concordo com tudo mas especialmente com a tua resposta ao ponto 3:) Eu gosto de hardbacks mas a verdade é que os paperbacks em Portugal são de boa qualidade e resistentes. Obrigado por teres respondido:)
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei bastante de responder =)
      Beijinhos

      Eliminar